Super Mario Odyssey finalmente foi lançado para o Nintendo Switch e o jogo tem sido um dos jogos mais bem avaliados do ano. Eu ainda estou terminando o jogo mas, enquanto isso não ocorre, eu preciso falar de algo que tem me irritado muito: os controles de movimento.

Não é novidade que a Nintendo ama os controles de movimento pois os controles dos consoles da empresa tem sensores de movimento desde o Wii, e isso implica nos títulos first-party da empresa como Zelda Breath Of The Wild, Splatoon 2 e Super Mario Odyssey mas também third-party como Skyrim for Switch que foi modificado para utilizar os sensores dos Joy-Cons do Switch. Não me leve a mal pois a ideia dos controles de movimento é bem legal porém existem pessoas como eu que não conseguem jogar com controles de movimentos de jeito nenhum.

Minha experiência com motion controls tem sido bem mista já que em Zelda Breath Of The Wild o motion control no modo handheld era satisfatório e atendia o que era proposto porém no modo TV era horrível (levando em consideração os joy-cons conectados no Grip) e em Splatoon 2 e Super Mario Odyssey eu não consigo gostar do motion control em nenhum dos modos pois Zelda Breath Of The Wild usa o motion control apenas em casos especiais como ao atirar com um arco em que você gira o controle para mirar e isso facilita até mesmo a hora da mira no combate pois realmente é mais rápido que mirar com o thumbstick dos Joy-Cons mas em Splatoon 2 eu não consegui me adequar ao motion control para mirar porém nem chegou a ser um problema já que o jogo lhe dá opção de não usar o motion control e foi como eu terminei o modo campanha e jogo atualmente no multiplayer. Finalmente chegamos a Super Mario Odyssey que se eu desativar os controles de movimento, eu perco algumas funções do Cappy, o chapéu de Mario e feature principal do jogo.

No começo de Super Mario Odyssey eu vi que era possível desativar o motion control e eu cheguei a desativar porém fui ver a instruções de ações básicas in-game e as funções do Cappy só me ensinava a serem utilizadas balançando o Joy-Con e eu cheguei até achar que era um problema do jogo até ver um aviso que jogar sem motion control desligaria algumas funcionalidades então eu mantive ligado mas isso não quer dizer que eu use. Além de ser obrigado a usar motion control, e mesmo podendo mudar a frequência da detecção dos movimentos, os movimentos do Cappy são extremamente parecidos. Um exemplo é o Spin throw que é o Cappy girando em torno do Mario que para ativar essa ação você precisa balançar o Joy-Con ou o console inteiro em movimento horizontal mas também existe a ação do Cappy ir até o inimigo/item mais próximo que é uma sacudida na horizontal com o Joy-Con/Console. Eis um vídeo meu mostrando a tentativa de usar o Spin throw e acabando acertando na ação de jogar o cappy na vertical:

O que mais me irrita na situação toda de Mario Odyssey é que eu consigo imaginar como as ações do Cappy funcionariam sem o motion control principalmente pelo fato que existem muitos botões no jogo que são inutilizados mas o jogo não me dá essa opção. Cheguei a um ponto no jogo que eu nem uso mais essas funções principalmente por sempre jogar no modo handheld já que eu prefiro jogar deitado então imagina qual é o grande problema em balançar o console inteiro na tentativa de usar uma função e o jogo entender outra. Não levando em consideração que quando eu tenho que balançar o console, mesmo com a sensibilidade alta, eu perco a visão do jogo pois eu estou balançando a tela. Isso que eu estou parado na minha cama mas imagine se eu estivesse em um veículo em movimento, por exemplo, logo perder funcionalidade é frustrante.

Tirando toda a parte ruim dos controles de movimento de Mario Odyssey, existe apenas uma funcionalidade que eu vejo que o motion control funciona e é quando você captura um tanque e usa o motion control para mirar assim como os arcos em Zelda Breath Of The Wild. É a parte que funciona perfeitamente logo não me irrita.

Em geral eu entendo que motion control pode ser legal e ter vantagem em alguns jogos, como algumas pessoas alegam que em Splatoon 2 você tem uma melhor performance com motion control, mas não obrigue a todos os jogadores a usarem esse sistema de movimentação. Eu ainda não terminei Super Mario Odyssey mas até agora tem sido um excelente jogo porém o controle de movimento é um dos motivos que em minha review, que sairá assim quando eu acabar com o jogo, Super Mario Odyssey não levará um 10. Quem sabe da próxima, Nintendo?

 

Sem mais artigos